31/01/2013, 1:25pm | Link | 5,305 notes | Source | Via | Reblog
31/01/2013, 1:25pm | Link | 318,901 notes | Via | Reblog
30/01/2013, 3:33pm | Link | 31,610 notes | Source | Via | Reblog

Odeio ir na praça e ver o Marrone deitado no banco pensando nela.

30/01/2013, 3:31pm | Link | 21,023 notes | Source | Via | Reblog
30/01/2013, 1:22pm | Link | 70,176 notes | Source | Via | Reblog
30/01/2013, 1:22pm | Link | 595 notes | Via | Reblog
30/01/2013, 1:22pm | Link | 11,876 notes | Source | Via | Reblog
30/01/2013, 1:22pm | Link | 2,364 notes | Source | Via | Reblog
30/01/2013, 1:22pm | Link | 7,187 notes | Source | Via | Reblog
30/01/2013, 1:06pm | Link | 68,889 notes | Source | Via | Reblog

In wonderland

O bobo, por não se ocupar com ambições, tem tempo para ver, ouvir e tocar o mundo. O bobo é capaz de ficar sentado quase sem se mexer por duas horas. Se perguntado por que não faz alguma coisa, responde: "Estou fazendo. Estou pensando." Ser bobo às vezes oferece um mundo de saída porque os espertos só se lembram de sair por meio da esperteza, e o bobo tem originalidade, espontaneamente lhe vem a idéia. O bobo tem oportunidade de ver coisas que os espertos não vêem. Os espertos estão sempre tão atentos às espertezas alheias que se descontraem diante dos bobos, e estes os vêem como simples pessoas humanas. O bobo ganha utilidade e sabedoria para viver. Clarice Lispector
page 1 of 885 »
Just a normal girl

Theme by Thought and Soul © Don't copy and don't remove this credits.
Credits...